quarta-feira, 8 de novembro de 2017

08/11

Esse é aquele dia
Aquele dia de Novembro
Depois das formigas de asa
E dos besouros que caem

As coisas estão razoáveis
Mas você se questiona e sente sono
Talvez seja a chuva
E o calor e depois o frio

Sua cabeça se afasta
Com mais frequência do que você gostaria
Mas vc tenta estar voltar pro presente
Que é o que existe no fim das contas

sábado, 23 de setembro de 2017

Não foi nada. (...) Vem pra casa.

Existencial

Se tudo der errado
Eu vou morrer
Mesmo tudo dando certo
Eu vou morrer
Eu sou determinou
A morte faz parte da vida

Está tudo bem.

"It's a perfect world all the same."

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

De volta ao Passo

Quando eu cheguei, elas tavam provando looks com as capas de chuva rosas que tinham ganhado pois iam acampar...
Isso eu fiquei sabendo depois.

Trocamos um tanto sobre empoderamentos femininos e artísticos.

As paredes, móveis e chão cheios de arte... na casateliê que agora era só dela.

Uma tarde inspiradora. :)