terça-feira, 6 de novembro de 2012

Existe poesia na Zona Oeste?

Esse ano muitas coisas aconteceram. Mudanças foram grandes. Minha vida de antes, de menos de um ano atrás, as vezes parece tão distante. (Parece que praticamente tudo aquilo que era a minha vida foi arrancado de mim, mesmo tendo sido minha decisão vir pra cá.) 
Acho que é por isso que eu não tenho consiguido mais escrever. Em compensação tenho lido bastante, se comparar com os meu anos na faculdade de arquitetura.
Muitas vezes sinto falta do meu blog, meu confessionário há tantos anos.
Mas parece tão rídiculo escrever poesia aqui no Rio. O meu Rio de Janeiro é real demais para eu poder perder tempo escrevendo poesia. Aposto que todos os poetas eram da Zona Sul ou no Centro ou em algum desses subúrbios com cara de novela.

sábado, 7 de julho de 2012

'iluminar a vida já que a morte cai do azul'


descansa em paz, tia. obrigada por fazer parte da minha vida.

domingo, 1 de julho de 2012

domingo, 17 de junho de 2012

=)





faltou foto pra tanta coisa boa. os que não tão nas fotos tão na lembrança.

♥♥♥

segunda-feira, 16 de abril de 2012

concurso público

'A clareza exige simplicidade, foco, precisão e generosidade (...)
A palavra exata é um pequeno diamante.'

segunda-feira, 19 de março de 2012

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

2012



pouco a pouco a gente vai melhorando...
mesmo que as vezes não pareça.